noivasdepasserelle.com.br

Sharon Sever fala sobre Galia Lahav Noivas Casamentos Vestidos de noiva Fatos de noiva Vestidos de festa Fatos de festa Fatos de noivo
Sharon Sever fala sobre Galia LahavSharon Sever fala sobre Galia Lahav
  1. 1

Ações

  • Imprimir ou criar ficheiro
  • Ampliar imagem
 

Compartilhar

Sharon Sever fala sobre Galia Lahav

Estilista minucia a coleção 2016

A nossa cobertura da Barcelona Bridal Fashion Week 2016 não deteve-se apenas nos desfiles, mas nos backstage e pós-evento. Tivemos a honra de entrevistarmos os grandes nomes que desenharam as riquíssimas coleções que vimos sob a passarela. E não poderíamos revelar os bastidores sem começar pela marca destaque da temporada: Galia Lahav, onde o estilista assistente, Sharon Sever, compartilha todos os detalhes.
 
Noivas de Passerelle: Em que se inspiram as coleções de Galia Lahav?
Sharon Sever: A inspiração para cada coleção é diferente; para este momento, em vestidos como este, eu me inspirei no consumo italiano de histórias de amor e coleções de gala, que são sempre românticas porque suponho que trabalham com uma linha muito elaborada, muito atraente ou muito moderna. Então [a inspiração dos] vestidos vem de diferentes lugares, elas vem de algo mais excêntrico.
 
NdP: Quais tecidos escolheu para esta coleção?
SS: Como sempre há muita renda. Eu mesmo sempre busco o novo, coisas que trazem algo novo para brilhar. Neste momento estes bordados que você pode ver aqui em cima são todos feitos à mão. Nós fazemos o esboço e então nossos bordadores, que neste caso foram inspirados por telhas sicilianas, nos enviam os esboços com os bordados desenvolvidos e com os pilotos ou as rendas que também foram inspiradas nas telhas. Tudo foi feito por nós para todo mundo e cada vestido há sempre muita atenção a cada detalhe. Aqui, como você pode ver, há espaços, há algo quando me aparece outra coisa. Então não é um circuito, mas continuar trabalhando em algo muito nosso.
 
NdP: Como será a noiva 2017 para Galia Lahav?
SS: As noivas são muito modernas, elas não querem ser tradicionais versus as que são mais agarradas à silhuetas bem sucedidas, muito pouco impostas. Lados puros, lados abertos, algo novo. Hoje eu acho certo querer ser não escandaloso, mas quando a gala da noiva caminha no que ela quer que todos digam: UAU!
NdP: Que atribuição os acessórios lançam na coleção?
SS: Os acessórios estão nas roupas. Nós nãos gostamos de joias, nós gostamos que [o vestido] fale por si mesmo. Então quando nós vemos de novo todas as guarnições, temos muita atenção em todo o acabamento, até mesmo os que são inusuais, com diferentes cores, diferentes acabamentos.
 
NdP: É sua primeira vez em Barcelona?
SS: Na verdade não é a minha primeira vez porque eu costumava trabalhar por muitos anos com uma companhia espanhola, [mas] é a primeira vez que eu tenho a chance de trazer algo israelense; e eu cresci com Dahlia, eu a conheço há aproximadamente 40 anos. Nós crescemos juntos na companhia que evoluiu para algo novo e nós estamos pela primeira vez na Europa. É um grande momento e muito excitante.

Ver outros artigos