noivasdepasserelle.com.br

Warllem & Cris Fotojornalismo O ritual Noivas Casamentos Vestidos de noiva Fatos de noiva Vestidos de festa Fatos de festa Fatos de noivo
O ritual <p> Warllem &amp; Cris Fotojornalismo</p>O ritual <p> Warllem &amp; Cris Fotojornalismo</p>
  1. 1

Warllem & Cris Fotojornalismo  

Ações

  • Imprimir ou criar ficheiro
  • Ampliar imagem
 

Compartilhar

O ritual

Diferentes ritos do casamento

Já dissemos aqui que o casamento é um rito de passagem, que marca a transição de duas pessoas que decidem formar uma família. E embora haja diferentes rituais para ser celebrado, em qualquer que seja a cultura ou religião o casamento tem este mesmo significado, além de marcar uma nova fase do amor, sendo este mais maduro.
 
Durante anos, até o final do século XIX, o casamento foi um verdadeiro negócio entre duas famílias, selado durante o anúncio do noivado. Terras e bens eram negociados pela mão da noiva que devia se manter pura de corpo e alma. Com o passar dos anos muitos valores foram revistos, tal como algumas tradições, mas sendo o casamento um dos mais antigos rituais ainda praticados, não poderíamos deixar de percorrer cada cultura para mostrar os diferentes ritos que celebram o amor de duas pessoas.
 
Em algumas comunidades africanas, por exemplo, antes de a união ser acordada, o homem oferece bens pela noiva, assim como os hindus, que também mantêm viva a prática do dote. Já em outros lugares esse costume foi banido. Já durante os preparativos, segundo Worsley (2009), enquanto a noiva ocidental tem "o dia de noiva" no salão, a noiva judia toma um banho mikveh e a muçulmana passa cúrcuma em todo o corpo antes de se banhar. Já as noivas paquistanesas e indianas pintam as mãos e os pés de hena.
 
As roupas e os complementos são outros elementos do ritual.  No casamento cristão, o noivo ergue o véu da noiva, no judaico ele o coloca sobre o rosto da amada, em alusão aos cuidados que ele terá com a esposa. A noiva hindu chega à cerimônia vestida com trajes dados pelos pais e sai com um sári dado pelo marido, já no Japão a noiva pode trocar até cinco vezes de roupa durante a cerimônia. Encontramos as guirlandas nos rituais hindus, enquanto nas cerimônias cristãs e ortodoxas as alianças são os elementos trocados pelos noivos.
 
E embora a cerimônia seja sempre a abertura para o novo, o passado nem sempre é deixado de lado. Americanos descendentes de africanos pulam sobre o noivo em lembrança às brincadeiras de algumas comunidades de escravos que não podiam se casar; da mesma forma, no casamento judaico o noivo pisa sobre uma taça e a quebra relembrando a destruição dos templos...
 
Em todo o caso, qualquer que seja o rito, as etapas deste ritual tão bonito que é o casamento, o ideal é sempre o mesmo: constituir uma família com amor.

Ver outros artigos

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4